Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Anita Descomplica

Organizar nunca foi tão fácil. Complica? A Anita descomplica!

Anita Descomplica

24
Ago17

Como manter a casa mais fresca no verão

Anita

0.png

 

 Se por um lado, as temperaturas mais altas, próprias desta época do ano, convidam a atividades ao ar livre ou a nos refrescarmos no mar ou na piscina, por outro lado podem transformar as nossas casas em verdadeiros "fornos".

  

As altas temperaturas que se fazem sentir dentro de algumas casas tornam as habitações desconfortáveis. Em alguns casos, os moradores nem conseguem dormir bem à noite devido ao calor que se faz sentir.

 

Para evitar que tal aconteça veja algumas dicas que permitem manter a sua casa mais fresca durante o verão.

 

 

1. Mantenha as janelas, estores, portadas, persianas e cortinas fechadas durante as horas de mais calor

 

1.png

 

Para manter a casa mais fresca no verão, o melhor é mesmo manter as janelas, os estores, as persianas e as cortinas fechadas durante as horas de maior calor sendo que o ideal seria abri-las só durante a noite quando as temperaturas estão mais frescas. Assim, evita que a luz solar e consequentemente o ar quente entre diretamente na sua casa, livrando-se do "efeito estufa" que se sente nas casas nas horas de mais calor.

  

2. Opte por lâmpadas fluorescentes compactas ou lâmpadas LED

 

2.png

 

Se usa lâmpadas incandescentes, está na hora de trocá-las por lâmpadas fluorescentes compactas ou lâmpadas LED, isto porque as lâmpadas incandescentes não só emitem mais calor como também gastam mais energia, chegando mesmo a desperdiçar 90% da energia que é libertada para o interior da casa sob a forma de calor.

 

3. Use e abuse das plantas

 

3.png

 

Para além dos benefícios que já vimos antes relacionados com a purificação do ar, as plantas também ajudam a manter a sua casa mais fresca uma vez que humedecem o ambiente, fazendo com que a temperatura no interior da sua casa baixe.

  

4. Acabaram-se os assados para o jantar

 

4.png

 

Nenhuma divisão da sua casa gera tanto calor como a cozinha. Para além dos eletrodomésticos que tem ligados e que são verdadeiras fontes de calor, no verão deveriamos optar por cozinhar comidas ou saladas frias em alternativa a cozinhados feitos no forno. Opte também por deixar a loiça secar ao ar livre ao invés dos programas de secagem da máquina de lavar loiça. 

 

5. Opte por paredes claras

 

5.png

 

A cor das suas paredes, para além das implicações que tem ao nível da iluminação natural da sua casa, também influencia a temperatura interior. Se por um lado as cores escuras ou mais fortes absorvem mais luz e consequentemente geram mais calor, por outro, as cores mais claras absorvem menos luz e tornam os ambientes mais frescos.

Há uma razão para que de um modo geral as casas mediterrânicas e em particular nas nossas regiões mais quentes (Alentejo e Algarve) as casas tradicionais são fundamentalmente brancas: O branco reflecte o calor.
Investigadores nos EUA, concluíram que, se nas cidades americanas fossem utilizados materiais claros ou refletores na cobertura dos telhados, seriam poupados biliões de dólares todos os anos assim como uma significante redução no aquecimento global.

 

6. A climatização pode ser a solução

 

6.png

 

 

Se a sua casa é daquelas que no verão se torna insuportável com o calor, talvez as soluções mais simples não funcionem. Nesse caso, o melhor será optar por um sistema de climatização, que permita uma adaptação rápida da temperatura. Escolha o mais adequado à sua casa – ar condicionado, ventiladores, refrigeradores por evaporação ou piso radiante - para que o ambiente fique mais agradável.

 

As ventoinhas são uma opção mais económica, no entanto têm de ser colocadas estrategicamente para se tornarem eficazes. De acordo com o Laboratório Nacional de Energia Renovável dos EUA, as ventoinhas devem ser colocadas a, pelo menos, dois metros do chão. Se o seu quarto tiver mais do que cinco metros quadrados deve usar mais do que uma ventoinha.

Dica: Coloque uma taça com água gelada, ou com cubos de gelo em frente a uma ventoinha. À medida que o gelo derrete e a água evapora, criará uma agradável sensação de frescura no ar em redor.

 

 7. O chão também ajuda

 

7.png

 

A oferta de pisos hoje em dia é infinita, no entanto há algums mais adequados a ambientes quentes e outros a  frescos. Os pisos de cerâmica e pedra são os mais apropriados. De acordo com a divisão que se trata, com o seu gosto e com o estilo da casa, pode optar pelos mármores, granitos, pela tijoleira, azulejos ou até pela pastilha. Assim, os espaços, além de frescos, vão ficar mais leves e agradáveis.

 

 8. Deixe a porta do quarto aberta durante a noite

 

8.png

 

Abra a porta do quarto e as janelas durante a noite: se dormir com a porta ou as janelas do quarto fechadas vai estar a aprisionar o ar quente do dia dentro do seu quarto e a condená-lo a uma noite quente e provavelmente insuportável.

 

9. Isolar é muito importante 

 

9.png

 

Umas das melhores e mais baratas estratégias a longo-prazo para manter a temperatura da sua casa é o isolamento térmico. Quando pensamos em isolamente lembramo-nos do inverno e em manter o calor dentro de casa mas o mesmo se aplica no verão para manter o calor afastado de casa.

 

10. Evite ao máximo o vapor 

 

10.jpg

 

No verão evite tomar banhos demorados durante o dia e reduza o uso de máquinas de lavar e de secar para evitar a propagação de vapor que causa humidade e consequentemente calor. Manter as tampas das panelas fechadas enquanto cozinha também é uma boa ajuda.

 

(Imagens retiradas da Internet)

 

E essas casas? Estão fresquinhas?

Partilhem comigo!

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

Em destaque no SAPO Blogs
pub