Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Anita Descomplica

Organizar nunca foi tão fácil. Complica? A Anita descomplica!

Anita Descomplica

26
Abr17

Como se vestir com eficiência

Anita

0.png

 

As suas manhãs são a parte mais stressante do seu dia? Se sim então está na hora de rever não só o seu roupeiro mas também a sua forma de pensar!

 

A forma como nos vestimos diz muito sobre a nossa personalidade e muitas vezes é o modo como nos mostramos ao mundo e consequentemente como gostariamos de ser avaliados mas por vezes colocamos muita pressão sobre isto tornando a tarefa de nos vestirmos mais complicada e frustante do que deveria ser na realidade.

 

Podemos tornar as nossas manhãs menos perturbadoras sem comprometer o nosso estilo pessoal se anteriormente utilizarmos algum tempo a descartar as peças que não queremos mais e a reavaliarmos o nosso roupeiro de forma consciente mantendo apenas o que realmente amamos e usamos.

 

 

1. Antes de mais é importante saber exatamente onde tudo está

 

1.jpg

 

A melhor forma de se vestir com eficiência é ter um roupeiro organizado. Se tudo estiver em ordem e no seu devido lugar não irá perder tempo a procurar "aquela" blusa ou "aqueles" sapatos específicos. Se todas as suas roupas e acessórios tiverem um lugar próprio, a tarefa de escolha será muito mais fácil retirando mais de metade do stress associado à tarefa de vestir.

 

2. Mantenha o seu guarda-roupa o mais simples e versátil possível 

 

2.jpg

 

Quanto mais opções temos mais difícil é a escolha. Acontece com o nosso vestuário como em tudo na vida. Assim, quanto mais roupa tiver e quanto maior for o número de detalhes da sua roupa mais difícil será a sua rotina de vestir. Se o seu guarda-roupa for composto por peças simples e versáteis, combináveis entre si terá muito mais opções e o processo de vestir será agilizado.

 

3. Use e abuse dos acessórios

 

3.jpg

 

Transforme peças básicas de vestuário com o uso de jóias, malas, sapatos, lenços, relógios (vale tudo!) tornando o seu look bem mais interessante e não comprometendo a simplicidade do seu guarda-roupa.

 

4. Separe as roupas com antecedência

 

4.jpg

 

Separe a roupa na noite anterior em apenas alguns minutos ou dedique um pouco de tempo do seu fim-de-semana a coordenar a roupa e acessórios para a semana seguinte. Para isso basta verificar a metereologia e os compromissos que tem na sua agenda e coordenar cinco conjuntos de roupa (de segunda a sexta-feira) para a sua semana de trabalho. Coloque cada combinação num cabide e volte a colocar no roupeiro de modo a que, de manhã, seja apenas necessário retirar o cabide e vestir-se. Menos stress, certo?

 

5. Vista-se em camadas

 

5.jpg

 

Se o clima da sua cidade for assim meio incerto (como é aqui em Sintra!) use um casaco mais pesado por cima de toda a roupa para sair à rua. Por baixo vista uma roupa mais leve e tenha sempre à mão um casaquinho de malha para o caso de trabalhar em locais com ar condicionado.

 

6. E por último, mas não menos importante, limpe o seu roupeiro com frequência

 

6.jpg

 

Livre-se, de uma vez por todas, de todos os itens do seu roupeiro que não gosta, não usa ou que estão danificados. Destralhe! Mantenha, por exemplo, um cesto ou um saco dentro do roupeiro e sempre que possível reveja as suas peças novamente para não deixar acumular e lembre-se de aplicar a regra de quando entra uma peça nova outra deverá sair.

 

Tem mais ideias?

Partilhe-as comigo! Deixe um comentário.

 

 

 

10
Abr17

Regras de Ouro da Organização

Anita

0.png

Alguns hábitos podem realmente fazer a diferença para que se possa ter uma semana mais produtiva e uma casa sempre em ordem ao final do dia.

 

Claro que o processo de organização é muito particular pois cada família tem os seus próprios sistemas de organização e sabe como a organização funciona para si.

 

No entanto, de uma maneira geral, quem consegue ter a casa organizada passa, pelo menos por cinco das dez regras mencionadas aqui.

 

1. Rotina

 

1.png

 

Para quem não está habituado é realmente difícil seguir uma rotina nos primeiros dias, no entanto, os benefícios fazem valer a pena o esforço inicial. Levantar-se todos os dias já a saber o que se vai passar ao longo do dia evita um gasto desnecessário de tempo e dinheiro e permite-nos trabalhar com muito mais tranquilidade.

 

Leia também:

http://anitadescomplica.blogs.sapo.pt/como-criar-rotinas-em-casa-2561

http://anitadescomplica.blogs.sapo.pt/as-criancas-e-a-rotina-5179

 

2. Programe o dia seguinte

 

2.jpg

 

Durante um período de tempo mais tranquilo do seu dia pense no dia seguinte e veja se tem algum compromisso agendado para além dos que envolvem a sua rotina diária. Consultas médicas, reuniões de pais ou comprar um presente para alguém são algumas das atividades em que deve pensar. Anote-as na sua agenda. Basta cinco minutos de planeamento e não ficará nada por fazer ou sobreposto no dia seguinte.

 

3. Check List

 

3.jpg

 

Listas, listas, listas... São tão importantes para que não se esqueça de nada. Fazer uma lista de tarefas que tem que executar durante a semana ou mês permite que tenha uma visão geral dos seus compromissos, o que o ajudará a não deixar nada para trás e a evitar a procrastinação que surge, muitas vezes, por falta de clareza naquilo que é necessário executar prioritariamente.

 

4. Cada coisa no seu devido lugar

 

4.jpg

 

Cada objeto deve ter uma casa na sua casa. Lembre-se sempre disto. Isto evitará que perca tempo à procura de um objeto e ao mesmo tempo permitirá que todos os habitantes da casa saibam onde encontrar cada objeto caso necessitem.

 

5. Just do it!

 

5.jpg

 

Não serve de nada ter uma rotina completamente esquematizada e depois não a executar. A maior inimiga de uma casa organizada é a procrastinação. Claro que somos humanos e como tal há dias em que nos sentimos mais cansados e não nos apetece fazer nada mas quem permite que a procrastinação entre e se instale dificilmente consegue cumprir uma rotina anteriormente planeada.

 

6. Não acumule

 

6.png

 

Quando chega a altura de fazer uma limpeza geral em casa normalmente reparamos que temos objetos a mais, muitos deles que nem sequer utilizamos. Para não acumular roupa e sapatos a dica é: cada vez que entra uma peça nova, uma antiga deve sair. Para os utensílios da casa e papelada: tenha pelo menos um dia por cada semestre para dar uma arrumação e livrar-se do que não faz mais falta.

 

Leia também:

http://anitadescomplica.blogs.sapo.pt/destralhar-1930

http://anitadescomplica.blogs.sapo.pt/12-passos-para-uma-casa-livre-de-tralha-2483

 

7. Faça uma manutenção periódica

 

7.jpg

 

Devemos fazer uma manutenção da casa regularmente para evitar o desperdício (por exemplo com uma torneira que está constantemente a pingar), manter uma casa organizada (livrando-se dos aparelhos eletrónicos que já não funcionam) e mais bonita (por exemplo pintando os portões que têm a tinta a descascar).

 

8. Tenha as gavetas sempre organizadas

 

8.jpg

 

Sorte de quem tem mais de meia hora para se arranjar de manhã. A maioria de nós tem dez minutinhos que normalmente são passados a correr. Se não tiver as suas gavetas organizadas o resultado será espalhar metade da sua roupa entre o chão e a cama para encontar o que procura. Por outro lado, se as gavetas estiverem organizadas não só encontrará facilmente o que procura como terá também a vida facilitada na altura de arrumar as coisas de volta. Pense nisto: Lá por estar escondido, não tem que estar desarrumado. 

 

9. Peça ajuda

 

9.jpg

 

Sejamos realistas... Se tiver que cuidar da casa e da família sozinho(a) irá sentir-se muito mais cansado(a) e pedir ajuda não custa nada e tornará a vida muito mais fácil.

 

10. Não desista!

 

10.jpg

 

Se leu este post até ao fim, isso significa que tem interesse em ter uma casa mais organizada. Motive-se e não desista por mais que inicialmente o processo de organização pareça um bicho de sete cabeças. Acredite que com o tempo tudo será bem mais fácil e o seu dia-a-dia bem mais tranquilo.

 

Concordam?

 

Partilhem comigo as vossas opiniões.

 

Não se esqueçam... Complica? A Anita descomplica! 

 

 

15
Jan17

12 Passos para uma casa livre de tralha

Anita

12 Passos para uma casa sem tralha.png

 

A nossa casa deveria estar sempre organizada mas todos nós sabemos bem que isso nem sempre funciona assim. Uma das razões para a casa estar desorganizada é o excesso de coisas que temos, muitas delas sem qualquer tipo de utilidade. Já tinham pensado nisto?

 

Veja comigo 12 passos para uma casa livre de tralha.

 

  1. Evite brindes

Brindes, folhetos, publicidade, catálogos de lojas, lembranças de hotéis… Quantos de nós não trazemos frequentemente estes itens para casa? Quantos chegamos realmente a usar? Não traga mais brindes e verá que muitas gavetas lá de casa começarão a ficar bem mais vazias.

 

  1. Deite fora as revistas

Depois de ler as revistas, deite-as fora! “Mas esta revista tem este artigo super interessante…”. Esta é uma das desculpas que damos frequentemente mas quantas vezes voltamos realmente a ler aquele artigo? Tem desculpa para guardar uma ou duas revistas se tiver filhos pequenos porque há sempre trabalhos escolares que exigem recortes mas é para guardar apenas uma ou duas!

 

  1. Evite ao máximos bibelots

Superfícies limpas trazem automaticamente a sensação de limpeza e ordem, com a mais valia de que será muito mais fácil limpar o pó dos móveis! Outros itens a evitar são as lembranças de casamento, de baby shower e de outras festas. Não só não têm nenhuma utilidade como acabam por encher a sua casa demasiado e tornar mais difícil a manutenção. Tem lembranças com valor sentimental? Faça uma caixa de recordações e coloque-as lá!

 

4 . Não compre por impulso

Se é daquelas pessoas que vai passear para o shopping à procura de “alguma coisinha” interessante ou a um preço fantástico, não continue a fazer isso. Este “turismo de shopping” acaba por nos levar a comprar artigos que não só não temos necessidade como muitas das vezes acabamos por nem usar. Pare de comprar por impulso e aprenda a comprar somente por necessidade.

 

  1. Nunca coloque uma etiqueta numa caixa com o nome “Diversos”

Se são “Diversos” é porque nem sequer sabemos onde os colocar e isto porquê? Porque não os usamos. Livre-se de todos esses “diversos” de uma vez por todas!

 

  1. Evite ter artigos em duplicado

Ter dois artigos de cada? Para quê? Se um se estragar logo comprará outro! Isto vê-se muito nas nossas cozinhas, onde os artigos em duplicado transbordam das gavetas. Livre-se de tudo o que tiver em dobro e doe a quem precisa.

 

  1. Não faça coleções

Fazer coleções é uma forma de acumular mais pó em casa e não têm qualquer utilidade prática.

 

  1. Livre-se dos talões

Quantos de nós não andamos normalmente com a carteira a abarrotar de talões que na realidade não nos servem para nada? Guarde apenas aqueles que poderão ser necessários em caso de precisar de trocar um artigo e vá conferindo todos os meses os que já se encontram fora de prazo!

 

  1. Deite fora as cartas do século passado

Se tem mais de 30 anos, provavelmente tem lá em casa postais e cartas antigas de namorados e amigos de uma altura em que ainda nos correspondiamos por carta. Está na hora de se desapegar destas lembranças. Mantenha apenas os que o seu atual marido ou namorado lhe enviou, pois as boas lembranças merecem ser guardadas.

 

  1. Troque ou doe livros

Se já leu o livro muito provavelmente não o vai ler novamente. Tem um amigo apaixonado por leitura… Porque não fazerem trocas de livros entre os dois? Quando já o leu doe a uma biblioteca ou instituição para que outras pessoas possam usufruir dele.

 

  1. Deite fora as embalagens vazias

Quem de nós não conhece alguém que vai colecionando frascos e embalagens vazias com o intuito de as vir a aproveitar para alguma coisa… Manter as embalagens vazias só torna o caos da sua casa maior! Evite guardá-las.

 

  1. Livre-se das caixas dos produtos

Manter os seus produtos nas caixas originais além de tornar mais difícil o seu manuseamento ainda lhe ocupa mais espaço nos armários. Livre-se das caixas dos produtos!

 

Lembre-se:  Melhor que ter que se livrar da tralha é evitá-la!

O que fazem desta lista? Deixem um comentário!

11
Jan17

"Destralhar"

Anita

Sem Títulogdsg.png

 

Se quer mesmo começar a organizar a sua casa, o passo mais importante é acabar com a tralha. Ninguém consegue organizar tralha.

 

Tralha são as coisas que não têm mais utilidade mas que se guardam, ninguém sabe muito bem a razão...

 

Antes de começar a organizar, olhe atentamente para o espaço com olhar crítico e faça o projeto de como quer que a sua casa fique. É indispensável que tudo fique prático e harmonioso.

 

Depois de escrever o seu plano, comece por qualquer compartimento da casa, escolha um e decida-se. Inicie devagar... Hoje um armário, amanhã uma gaveta, o que é importante, neste momento, é COMEÇAR.

 

Todos os dias reveja aquela gaveta que precisa mesmo de ser organizada e desprenda-se das coisas que não estão em condições de serem usadas ou que não vai usar mais.

 

Vai ver, que passado algum tempo só pensará em acabar com a tralha que só complica, ocupa espaço e dá dores de cabeça.

 

Tire tudo do compartimento, do armário, da gaveta e limpe-o cuidadosamente. Pense no que vai doar, deitar fora ou no que vai ficar e separe os itens. Poderá ainda vender alguns itens e fazer um dinheirinho extra! 

thumbnail_images.jpg

Depois de limpar, ponha no sítio só o que realmente quer que fique e o que gosta. Vai ver que, depois disto, ficará com muito mais espaço e ganhará ânimo para continuar.

Sente-se motivado? Não é complicado!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

Em destaque no SAPO Blogs
pub