Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Anita Descomplica

Organizar nunca foi tão fácil. Complica? A Anita descomplica!

Anita Descomplica

05
Jun17

Como escolher o tapete para a sua sala

Anita

0.png

 

Os tapetes são acessórios muito importantes para complementar a decoração pois delimitam os espaços e tornam o ambiente mais bonito e aconchegante. São ainda muito práticos e versáteis e para além da sua função decorativa, ainda protegem o chão de riscos, escondem eventuais defeitos no piso, aquecem e dão conforto à sua sala e abafam os ruídos.

 

A escolha do tapete é um dos últimos itens a ter em conta quando a base da decoração já está formada e as peças maiores já se encontram no local. Mas escolher o tapete poderá ser tão ou mais desafiante que decidir os móveis para a sala, afinal as opções em material, textura, tamanho, formato e cor são inúmeras bem como a variedade em preços e processos de fabricação que podem ser artesanais ou industriais.

 

Não existem regras rígidas no que toca à escolha dos tapetes mas deve-se ter em atenção o formato, a dimensão, o estilo e as cores para que fiquem não só proporcionais ao espaço como também harmoniosos com os restantes elementos decorativos.

 

1. O tamanho importa

 

1.jpg

 

Quando escolher um tapete para a sua sala lembre-se que deve deixar espaço à volta como se de uma moldura se tratasse. As medidas não são rígidas mas rondam os 90 cm a toda a volta.

 

Comprar um tapete pronto e de medida padronizada exige mais atenção com as dimensões dos móveis e ambientes. A grande vantagem dos tapetes fabricados por medida é que estes podem ser planeados para o espaço onde serão usados tendo como resultado uma decoração mais proporcional.

 

Na sala de jantar, certifique-se que o tapete é maior que a mesa de modo a que as cadeiras fiquem acomodadas em cima do mesmo quando estão puxadas para trás. Assim sendo, para uma mesa de 12 pessoas é recomendado um tapete de pelo menos 4x3 metros enquanto que para uma mesa menor de apenas 8 a 10 pessoas já poderá optar por um modelo de 3x2,5 metros.

 

2.jpg

 

Na zona de estar o que deverá ter em conta é o tamanho do sofá. O tapete deverá ser colocado no mínimo 20cm por baixo do sofá e no máximo até metade da profundidade do mesmo, nas laterais deverá sobrar pelos menos 30cm de cada lado, acomodando poltronas e mesinhas laterais. Do lado oposto ao sofá terá o seu móvel de televisão e o tapete deverá ficar afastado do mesmo entre 5 a 15 cm. Os tapetes orientais, mais raros e atemporais, podem ser usados fora do padrão e dimensão ideal ou colocados em cima de um tapete de cor neutra.

 

3.jpg

 

2. Quantos tapetes devo colocar?

 

4.jpg

 

Relativamente à quantidade de tapetes a colocar numa sala isso dependerá, claro, das dimensões da mesma mas se a sua sala for um espaço comum para zona de estar e zona de jantar, deverá então optar por dois tapetes para que possa assim delimitar os dois espaços distintos não se esquecendo que os mesmos deverão ter um denominador comum (como a cor, a textura ou o padrão) para que o ambiente fique harmonioso como um todo. Se a sala for grande opte por mais do que dois tapetes para definir as áreas de passagem e agrupar peças de mobiliário que possam parecer dispersas.

 

3. Formatar o tapete

 

5.jpg

 

Além dos tradicionais tapetes quadrados e retangulares, os tapetes redondos e ovais têm ganho cada vez mais destaque enquanto peças decorativas que, estrategicamente pousados no chão, têm um resultado surpreendente.  Igualmente inovadores são os runners (tapetes estreitos e compridos) para animar espaços mais comprimidos.

 

7.jpg

 

Vale a pena investir em tapetes com formatos inovadores para ter um resultado surpreendente. Por isso, seja audaz e se colocar um tapete redondo na sala não faça uma disposição tradicional dos móveis. Porque não descentralizar a mesa de centro e colocar os móveis em posição assimétrica? 

No entanto, embora hoje em dia os tapetes possam assumir diferentes formatos e serem feitos por medida, avalie se essa é a opção mais indicada para si já que formatos mais originais são também de difícil adaptação a outros ambientes e podem cansá-lo mais facilmente. 

 

4. Estilo de decoração e estilo de tapete

 

6.jpg

 

Para cada ambiente existe um tapete específico sendo que ambientes mais modernos pedem tapetes coloridos, com listas ou estampados enquanto que nos mais clássicos é melhor optar por modelos mais tradicionais como os tão portugueses tapetes de arraiolos. Os tapetes orientais são atemporais e muitos são considerados verdadeiras obras de arte. São raros, delicados e inteiramente feitos à mão e combinam com qualquer tipo de ambiente pois ficam harmoniosos com ambientes contemporâneos e criam constraste em ambientes mais modernos.

 

5. A escolha da cor

 

8.jpg

 

Elemento chave na decoração da sua sala, as cores dos tapetes devem combinar com a restante decoração e podem ser usados para reforçar a base de cores contendo pelo menos uma das cores neutras presentes nas paredes ou nos têxteis da decoração por forma a conseguir um equilíbrio harmonioso ou, por outro lado, contrastar com os elementos principais da sala, dando cor e vida.

 

É certo que os tons claros se sujam com mais facilidade e frequência que os tapetes mais escuros e deverá ter em conta que os tapetes não são nem fáceis nem baratos de limpar. Se por um lado, espaços grandes e claros recebem bem tapetes escuros, espaços menores requerem que opte por cores mais claras, que ajudam a criar a ilusão de aumento do espaço.

 

6. Com ou sem padrão?

 

9.jpg

 

Não tenha receio de escolher tapetes com padrão ou de combinar um tapete liso com um de padrão mas tenha em atenção alguns detalhes. O ideal é não ultrapassar os dois padrões por divisão e, mesmo assim, é necessário criar um equilíbrio estético isto é, se o sofá tiver um pequeno padrão opte por um tapete com um padrão maior e se os cortinados ou as almofadas ostentarem um padrão pronunciado, o padrão do tapete deverá ser menor. Se pretender optar por um tapete com um padrão central, saiba que o mesmo só funciona se o mobiliário estiver disposto em torno do mesmo ou se estiver por baixo de uma mesa de vidro, caso contrário o padrão perde-se.

 

8. A relevância dos materiais

 

10.jpg

 

Os tapetes sintéticos são os mais utilizados atualmente e podem ser fabricados por medida em diversos modelos e cores e por isso adequam-se a qualquer ambiente e decoração. São os mais versáteis e fáceis de limpar, para tal basta passar o aspirador no sentido das fibras e lavar com um pano com água e sabão neutro. Algumas marcas possuem ainda tratamentos antiácaros e pela facilidade de limpeza, este tipo de tapetes são a melhor opção para quem sofre de alergias.

 

11.jpg

 

As fibras naturais mais usadas são o sisal e o seagrass. São ideais para decorações mais naturais ou rústicas e podem vir na cor natural ou serem tingidos e também podem ser fabricados com mais do que um tipo de fibra misturado, como sisal e lã, com um resultado bastante interessante. Os tapetes de fibras naturais podem ser varridos com vassoura para uma limpeza mais rápida mas necessitam de produtos especiais de limpeza e além disso precisam de ser impermeabilizados antes do uso, já que mancham com bastante facilidade.

 

12.jpg

 

A pele já foi muito utilizada nos tapetes e voltou novamente nas decorações contemporâneas. A textura da pele é macia e aconchegante e o material permite diversos usos e acabamentos, sendo que o modelo formado por quadrados costurados já virou um clássico, no entanto o modelo mais atual (e também mais usado antigamente) é o formato original. Os tapetes de pele precisam de ser lavados em empresas especializadas, pois necessitam de produtos específicos e de secagem especial e a lavagem deve ser feita a cada dois anos ou antes se a fibra estiver a tornar-se opaca.

 

13.jpg

 

(Imagens retiradas da Internet)

 

E vocês? Já conheciam estas dicas?

Já têm o vosso tapete da sala ou estão a pensar comprar?

Partilhem as vossas opiniões comigo!

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

Em destaque no SAPO Blogs
pub